domingo, 30 de abril de 2017

Sem Emenda - As Minhas Fotografias

Centro de controlo marítimo do porto de Lisboa – Da autoria do arquitecto Gonçalo Byrne, este belíssimo e estranho edifício foi inaugurado em 2001. Tem cerca de 40 metros de altura. A torre está construída sobre estacas de betão com 20 metros de comprimento. Ali se vigia e orienta a navegação marítima num raio de 16 milhas marítimas ou cerca de 30 quilómetros. É nesta torre que trabalham os Pilotos da Barra, designação mais antiga e interessante do que “controladores marítimos”, como lhes querem chamar, por analogia com os colegas do aeroporto. Dali se controlam cerca de 2 000 “objectos” em movimento nas águas do Tejo, em aproximação ou partida do porto de Lisboa. Tem carácter suficiente para ombrear com os grandes marcos deste maravilhoso estuário: a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, o Farol do Bugio ou a Ponte sobre o Tejo.

DN, 30 de Abril de 2017

2 comentários:

Tout va bien disse...

Linhas de fuga rasgam céu cinzento, convergindo para um único ponto (de fuga) na linha de horizonte do observador. Nesse ponto central existe uma torre de controlo, inclinada. Cai, não cai?
AB parece querer responsabilizá-la pela falta de controlo na Justiça.

Um ponto de vista que não deve andar muito longe da opção do autor, uma vez que este tem por hábito remeter para os governos do PS a responsabilidade dos infortúnios da pátria.

bea disse...

Tenho de apurar a vista. Ainda não dei por ele.