domingo, 6 de novembro de 2016

Sem Emenda - As Minhas Fotografias

Senhora com ramo de flores e senhor sem abrigo, Boston – Entre as ruas Boylston e Dartmouth, a poucos metros do “Boston marathon finish line”, local onde, há três anos, ocorreu o atentado terrorista contra os maratonistas, fica esta praça, Copley square, onde se encontra a Biblioteca da cidade. Gravada na pedra da fachada principal, esta frase simples: “Public Library of the city of Boston built by the people and dedicated to the advancement of learning”. Noutra fachada, a inscrição diz que “a educação do povo é a salvaguarda da ordem e da liberdade”. Era um dia de Inverno, ainda com neve, mas já com o sol a abrir. Estas duas figuras chamam a atenção. Um velho vagabundo, com a sua tralha, não deve esperar nada nem ninguém. Ela, de idade incerta e beleza serena, com telemóvel e ramo de flores, prepara-se talvez para um fim de dia e um jantar esperado com ansiedade. Ao que me dizem, hoje, nesta praça, centenas de pessoas discutem calorosamente as eleições de terça-feira.

DN, 6 de Novembro de 2016

1 comentário:

Sílvia Carmo disse...

“A educação do povo é a salvaguarda da ordem e da liberdade.”
Hoje, parece que muito do povo educado na cidade (do litoral)está a fugir da ordem estabelecida. Procura a liberdade no interior dos Estados, formando pequenas comunidades.