domingo, 23 de setembro de 2012

Luz – Tourada, Terceira, Açores, 2011

Clicar na imagem, para a ampliar
.
Não gosto de touradas, muito menos quando os bichos estão presos com cordas puxadas por uns tantos rapazolas, bem protegidos atrás dos muros, das árvores ou dos candeeiros. Mas também reconheço que esta modalidade, sem sangue nem farpas ou bandarilhas com arpões, tem muito menos violência do que as outras touradas, a pé ou a cavalo. Já aqui publiquei uma ou duas fotos relativas a uma destas corridas em São Mateus, perto de Angra do Heroísmo. São festas sociais ou romarias onde se come, bebe, intriga, namora e faz negócios. (2011)

4 comentários:

Em Son netos analfa y betos e outros familiares insetos hexapodes ou duodecimais tante fais disse...

Portanto onde se bebe, come, se faz intrigas e namora, é quase um conselho de estado anh?

Ou uma concelhia qualquer.
claro que até 2030 vae ter de se cortar nos comes e bebes, as intrigas são de graça logo deve haver mais
Já os namoros na 3ªidade nos gregos são mais com rapazinhos e desses não deve haver muitos em 2030.
Já touros e outros animaes encornados pela política será mais fácil encontrá-los em são bento
que portento

do que na luz dos açores

mas não diz dia nem hora

dessas ilhas com temores

que em blok deslizã fora

da con tinental plataforma

e con isse se conforma

touro triste que assi se emprega

pra retirar ós brutos a razão cega

e de acordo com receita antiga

obriga a dar o que se recebe

em moeda de boa ou de má liga

e a pagar mais do que deve...

à moda antiga me desliga...

singelamente me obriga

andai...

agente ao touro vai...

quando a razão cai...





A inter neta é a cousa mai chata que inventaram ódepois do Zorrinho e daquele cu Pinho dizia que tinha cornos disse...

Pois eu cá sou contra contra qualquer ataque à cornadura de quadrúpedes ou bípedes.
E isso do con vívio namoros e dos morfes e bebida também o botas fazia com as vindimas que davam de comer e phoder a um milhão de putos goeses.
Não há um prémio para as fotographias das manifes, tiraram lá uma de um bufo da Pevide já septuagenário abraçado a um gaijo que andou nas obras do tio Ceausescu e com uma médica que está de baixa há dois anos e se arrastou a bem dos filhos licenciados pela FLUL e pela coisa que meteram ao lado da morgue de santa maria ao pé dos dentistas...
aquilo tamém forma sociólogos

uma fotographia destas merecia um prémio e tem 2 faixas a dizer gatunos e não se vê muito bem

foi uma aluna de estudos africanos ou se calhar romenos quinda tem aulas ou tinha com um dos Buescus
tirou uns 7 rolos de xxx megapixels delas
até têm flash estas modernices

agora há tanta foto com lux ou sem
e a 12 grammas e meia de Ag por cada quilo de photogrammas em filme
mai vale derretê-los
como se faz aos anéis e aos dedos

Ó Ladrões 100 anos de perdão não são 102 deixem a maralha roubar se faz favor disse...

Eu cá também sou muito amigo dos animais desde que sejam daqueles do anime ou mesmo da manga japonesa.

P.A. Lerma disse...

Atão inda num chegámos a 2030?
E a 1984?
Prometem prometem e nada....