domingo, 10 de abril de 2011

Luz - Évora, 1986

.
Clicar na imagem, para a ampliar
.

Na praça do Giraldo, uma mulher vende castanhas. O fumo deforma as suas feições... A carrinha ainda dos tempos “antes da ASAE”.

8 comentários:

Laurus nobilis disse...

Sim, esta é das genuínas, com assador em barro e tudo!

papoila disse...

Quase se sente o cheirinho...

Manuel Cabeça disse...

são memórias minhas, de quem cresceu nesta cidade e muitas vezes se cruzou com esta e com muitas outras figuras dir-se-ão hoje típicas de uma imagem local

Baggio disse...

Não ha' grandes diferenças. Podia ser hoje.

brites disse...

Há gente que não precisa de névoa para ficar ilegível!

Comemora-se em breve a sua existência,com o mordomo de serviço!

E ASSIM DA LEI DA MORTE SE VAI LIBERTANDO..

Bartolomeu disse...

Apesar da "neblina", reconhece-se a qualidade da «Roloflex» no pormenor do bigode da assadora.
;))))

Alexandre disse...

O mais incrível, é ver o meu falecido avô na fotografia.

Que bela surpresa!!!

LuaR disse...

Com o devido respeito refiro que a foto não pode ser de 1986, pois o homem em primeiro plano é meu pai e ele nessa data era bem mais novo.Situo-a à volta de 1999-2001, tendo em conta o vestuário e o seu aspecto físico. De todo o modo registo a enorme alegria que tive em o encontrar aqui, o que agradeço a António Barreto.

Luísa Barbosa