domingo, 30 de novembro de 2014

Luz - Uma parede que quase fala, Portimão, Algarve

Clicar na imagem para a ampliar 
Aqui temos uma parede quase a merecer honras de arqueologia. Só a Internet permite perceber alguns destes acrónimos. JAPBA é, pelas dimensões, o primeiro e mais importante. Trata-se da Junta Autónoma dos Portos do Barlavento Algarvio, com o seu orgulhoso Posto de Fiscalização, cuja sede deve ter sido em Portimão. Não posso afirmar que perdi muitas horas, mas dediquei algum tempo a tentar perceber o que tinha acontecido a esta JAPBA. Só sei que ainda vivia em 1995, pois Cavaco Silva e Mário Soares assinaram então uma lei que lhe dava poderes para concessionar actividades a terceiros. Depois disso, é o silêncio dos túmulos! O P.E., depois de investigação, servia para garantir que se tratava de “Património do Estado”. O PS é o Partido Socialista. E o Partido Comunista Português é o PCP. O anúncio ao comício a realizar em Portimão refere um importante dirigente da altura do PCP, Octávio Pato. A misteriosa LUA visível na parede, quase atrás da cabeça do senhor da esquerda é uma sigla diminuída. Na verdade, trata-se da LUAR, Liga de Unidade e Acção Revolucionária, grupo político dirigido e fundado, entre outros, por Hermínio da Palma Inácio e que ainda hoje se recorda por ter, antes de 25 de Abril de 1974, levado a cabo um audacioso assalto aos cofres do Banco de Portugal da Figueira da Foz. A Exposição Anti-colonial que se anuncia deveria ser o que diz ser, não parece ter deixado recordações conhecidas. (1974)

2 comentários:

Paula Rêgo disse...

Bom dia, Dr. António,

Peço desculpa pela insistência, mas gostaria, se ainda fosse possível, saber que o Dr.poderá ou não aceder ao meu convite para proferir um comunicado/ pequena palestra na minha escola.
Desculpe mais uma vez a minha insistência.
Obrigada.
Atentamente

Paula Rêgo disse...

Bom dia, Dr. António,

Peço desculpa pela insistência, mas gostaria, se ainda fosse possível, saber que o Dr.poderá ou não aceder ao meu convite para proferir um comunicado/ pequena palestra na minha escola.
Desculpe mais uma vez a minha insistência.
Obrigada.
Atentamente