domingo, 23 de dezembro de 2012

Luz - Vindima em Covas do Douro

Clicar na imagem para a ampliar
.
Esta aldeia fica perto do Pinhão. O sítio tem uma antiga denominação, Gontelho, conhecida há séculos nos livros antigos. A aldeia e a região, incluindo as localidades vizinhas de Covelinhas, Gouvinhas, Ferrão, Donelo e outras, produzem excelentes vinhos, especialmente vinhos do Porto, há mais de trezentos anos. Esta imagem tem quase trinta. Só um olhar atento percebe as diferenças com os dias de hoje. Os trajos dos trabalhadores já estão ultrapassados, mesmo se não muito distantes de nós. Os cestos vindimos, mais ao fundo e à esquerda, praticamente desapareceram e foram substituídos por cestos mais pequenos (25 quilos em vez de 70), ou por caixas de plástico, ou por pequenos contentores. Os cestos já não são transportados a costas de homens, mas sim em camionetas e tractores. Os garrafões, de que aqui se vê um exemplar, ainda por lá andam... Os arames dos bardos já não se apoiam em pedras de ardósia (de que há ainda muitas no Douro de hoje), mas em postes de madeira, mais económicos, menos frágeis e mais capazes de resistir aos choques das máquinas. (1985)

1 comentário:

e o império das moscas desceu sobre nós...olá moscas disse...

és de vale de gouvinhas marião?

sim sim marião não não...etc

são moldavos ou thais?